ROSÂNGELA RENNO

Nasceu em Belo Horizonte, em 1962, mas vive e trabalha no Rio de Janeiro. É formada em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte (1986) e em Artes Plásticas pelaEscola Guignard (1987), na mesma cidade, tendo obtido o doutorado em Artes pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo, em 1997. Começou a expor em 1985, obtendo em pouco tempo rápido reconhecimento nacional e internacional, o que a levou a ter trabalhos incluídos em algumas das mais importantes coleções públicas, como as do Museo Nacional Reina Sofia (Madri); do Arts Institute of Chicago; da Tate Modern (Londres); da Daros LatinAmerica (Zurique); e do Stedelijk Museum (Amsterdã). Realizou numerosas exposições individuais e coletivas, tendo participado de duas edições da Bienal Internacional de São Paulo (a 24ª, em 1994, e a 29ª, em 2010); de duas edições da Bienal de Artes Visuais do Mercosul (a 1ª, em 1997, e a 7ª, em 2009), da 50ª Bienal de Veneza, em 1993, e da 6ª Bienal de Havana, em 1997. Conquistou bolsas do Centro Nacional de Pesquisa Tecnológica, em 1991; da Fundação Nacional de Artes, em 1992; da Civitella Ranieri Foundation, de Umbertide (Itália), em 1997; da Fundação Vitae, em 1998, assim como da Guggenheim (EUA), em 1999.

She was born in Belo Horizonte in 1962, but she resides and works in Rio de Janeiro. She graduated in Architecture at the Federal University of Minas Gerais and in Visual Arts at the Escola Guignard (1987) – both in Belo Horizonte – having also obtained a doctorate in Arts at the School of Arts and Communication of the University of São Paulo, in 1997. She began exhibiting in 1985, quickly gaining national and international renown, which led her to have her works included in some of the most important public collections, such as the one of the Museo Nacional Reina Sofia (Madrid); the Arts Institute of Chicago; Tate Modern (London); the Daros LatinAmerica (Zurich); and the Stedelijk Museum (Amsterdam). She has held numerous individual and group exhibitions, participating in two editions of the São Paulo Art Biennial (the 24th in 1994, and the 29th in 2010); two editions of the Mercosul Visual Arts Biennial (the first one in 1997, and the 7th in 2009); the 50th Venice Biennale in 1993; and the 6th Habana Biennial in 1997. She was awarded with scholarships from the Centro Nacional de Pesquisa Tecnológica in 1991; the Fundação Nacional de Artes in 1992; the Civitella Ranieri Foundation, at Umbertide (Italy), in 1997; the Vitae Foundation in 1998; and also from Guggenheim (USA) in 1999.